sábado, 2 de novembro de 2013

CRISMA 2013





















O Colégio Dom Bosco realizou na noite desta sexta-feira, 1º. de novembro, o Sacramento da Crisma de jovens alunos que passaram por um período de formação na doutrina católica, com o auxílio de catequistas da própria instituição. A celebração da Confirmação foi presidida por Dom Manoel dos Reis de Farias, nosso bispo diocesano e concelebrada pelo Padre Erivan Liberalino, assistente espiritual do CDB. Estiveram presentes pais, alunos, professores e familiares, unidos pela fé neste momento de confirmação do Batismo dos nossos jovens.

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

III SISU FARIAS BRITO - INFORMAÇÕES



MINHA TRAJETÓRIA NO CDB - ALAN PATRICK - 3ºB




Confesso que ao receber o pedido do professor Gildo para escrever um comentário sobre a conclusão do Ensino Médio fiquei surpreso e me perguntei o que escrever. Então me lembrei de uma frase bem clichê: “Somos eternos aprendizes e esse é só o nosso primeiro passo”. Nós, formandos, passamos boa parte da nossa vida aprendendo com professores, aos quais só tenho a agradecer. Agora que estamos concluindo o Ensino Médio, não significa, logicamente, que não tenhamos mais nada para aprender, pois acabamos de entrar na escola da vida, e, se na aula de matemática 2+2=4, na matemática da vida 2+2 pode ser zero, 1, 2, 3, 4, 5 e depois ser multiplicado por netos e bisnetos e, se na aula de história aprendemos como a humanidade foi sendo construída durante os séculos, na vida aprendemos a construir a nossa própria história. O Colégio Dom Bosco fez e fará parte da nossa historia, e quando falo da nossa escola, falo dos professores, da coordenação, dos amigos que deixarão eternas lembranças de bons momentos e sorrisos de felicidade. Como diz um dos versos da música “Playground”, da banda inglesa XTC: "Você pode deixar a escola, mas ela nunca deixa você”.

MINHA TRAJETÓRIA NO CDB - VICTOR ACCETE




Minha trajetória no Colégio Dom Bosco começou em 2006 (4ª série).
Tenho nitidamente na memória alguns momentos bagunças (moderadas), algumas (ou muitas) conversas em sala de aula, muitas ideias trocadas com os professores, algumas discussões, muitos momentos de riso. Outras lembranças não tenho tão nítidas assim.
Naturalmente, alguns conteúdos eu aprendi e carrego como bagagem até hoje, outros – naturalmente -, deletei da memória assim que terminei a prova (é muita informação pra pouca cabeça).
Tenho consciência da importância que o Colégio teve para mim durante todos esses anos. Com uma formação sólida em conhecimento e firme em valores, sempre reafirmando valores éticos e morais que aprendi com meus pais desde a infância – e que pretendo carregar comigo por toda a vida - e contribuindo para meu crescimento. E, no geral, mantive um bom relacionamento com os professores e os coordenadores da escola.
Fiz amigos, claro! E não esquecerei dos meus momentos com eles – nem se tratando dos velhos amigos, nem dos mais recentes.
Piadas, risos, idas à coordenação, conversas, “bagunças”, brincadeiras e, de vez em quando, pra variar, momentos de estudo. Inesquecíveis.
Durante todo esse tempo no colégio, nunca cultivei qualquer inimizade (eu acho...). Pelo contrário. Fiz amizades que levarei para a vida toda, em vários dos anos em que estive no colégio, e amigos até de outras séries e turmas. Não me esquecerei deles e pretendo preservar a amizade. Podem ter certeza!
Tenho admiração pelos professores do Colégio, que se importam com os alunos e cumprem suas funções (e mais!) com competência e cuidado. E, inclusive, me tornei amigo de alguns professores, e, enquanto eu puder, levarei essas amizades à frente.Espero que eles não esqueçam de mim.
No mais, para não me estender muito, posso dizer que fico grato por tudo o que o colégio (incluindo toda a equipe que o forma) fez por mim, e dizer que fico feliz por fazer parte dele.
Hoje, assim como sir Isaac Newton disse, posso dizer:
“Se enxerguei mais longe foi porque fiquei de pé sobre os ombros de Gigantes”.

Victor Accete Nicácio Placido - 3ºA

MINHA TRAJETÓRIA NO CDB - SÁVILA MOTTA




Entrei no Colégio Dom Bosco aos três anos e cresci com os ensinamentos da instituição. Sou  muito grata a tudo aquilo que aprendi não só relacionado a matérias escolares, mas aos ensinamentos de vida, a ser humano e humilde. Os 14 anos de convívio foram sensacionais, aqui cultivei amigos maravilhosos e sei que me acompanharam para sempre. A partir do “Show de Talentos”, “Fesart” e Jovenart” além das feiras e jogos interdisciplinares desenvolvemos nosso intelecto e foi assim que conheci o ballet e a 13 anos estou no grupo de dança de ballet clássico junto com a professora Nazareth Macedo a quem sou muito grata por me mostrar o mundo da dança. Agradeço a todo o corpo docente que me instruíui muito bem e graça a estes professores tão maravilhosos, ainda no segundo ano, obtive a minha primeira aprovação no vestibular nos cursos de Ciências Biológicas e Ciência da Computação. Obrigada, Colégio Dom Bosco, por todos os ensinamentos tanto para a alma como para a mente proporcionado a mim em todos esses 14 anos.  Sávila Motta, 3º. Ano A.

PROJETO EDUCAMÁTICA





Trabalho desenvolvido com o paradidático:"Ganhei um dinheirinho.O que posso fazer com ele? " -Professora Edclê Dantas - 5º ano