BOTE FÉ PETROLINA

Loading...

sábado, 15 de dezembro de 2012

MATRÍCULAS 2013

O Colégio Dom Bosco comunica que a primeira fase de matrículas para 2013 foi concluída ontem, dia 14 de dezembro. Os pais que desejam matricular seus filhos podem procurar a sala 04, no CDB Matriz, destinada para os pais realizarem os procedimentos necessários para a efetivação da matrícula. A secretaria só não atenderá nos dias 22, 24 e 25, em virtude do recesso de Natal.
Lembramos ainda que a lista de materiais encontra-se disponível no site do colégio: www.domboscopetrolina.g12.br

ATIVIDADES FINAIS

O Colégio Dom Bosco já está vivenciando as últimas atividades do seu calendário letivo na próxima semana, com reunião para o planejamento da sua área de atuação, no CDB Extensão. As atividades específicas serão as seguintes: Segunda, dia 17, reunião pedagógica; terça, dia 18, Conselho de Classe, para o Ensino Fundamental 1 e 2; quarta, dia 19, Conselho de Classe do Ensino Médio; quinta, dia 20, continuação do planejamento para 2013 e entrega dos resultados da recuperação na secretaria, à tarde; sexta, dia 21, revisão de provas na Extensão (de 8 às 9h) e confraternização dos professores, no auditório do CDB Extensão.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

APROVAÇÕES EM VESTIBULARES





O Colégio Dom Bosco comunica a aprovação em vestibular da UNIT – Aracaju, de três alunos do 3º. Ano A: os irmãos Allen Alencar e Alice Alencar foram aprovados em Biomedicina, em 3º. e 6º. lugar, respectivamente; o aluno Dyogenes Henrique Azevedo foi aprovado em Engenharia de Petróleo e Gás. Felicitamos os nossos alunos e os abraçamos, juntamente com os seus familiares. Dentro de alguns dias publicaremos a lista dos alunos já aprovados em vestibulares.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

O CENTENÁRIO DO REI - Por Gildo Monteiro Júnior


Neste dia 13 de dezembro, o povo brasileiro e, em particular, o povo nordestino, celebra o centenário de nascimento de Luiz Gonzaga, o rei do baião. Ícone da nossa terra, ele cantou as maravilhas e os desencantos do povo, divulgou a cultura, desafiando aquelas sempre vigentes, e viveu as contradições da sua obra: foi maçom, mas tinha uma grande estima pelo “Padim Padre Ciço” , pela Virgem Maria e por Frei Damião; venerou exaustivamente a figura do pai “Seu Januário”, mas ele mesmo não conseguiu reverter esse sentimento, por muito tempo, em relação à criação do seu filho Gonzaguinha. São apenas detalhes, diante da sua rica e vasta obra e contribuição cultural.

Reverenciar esse grande personagem é tornar presente o seu grande interesse pela causa do homem sertanejo, calejado, dependente do apoio dos “sulistas”; homem forte, de fé, que sempre nutriu a esperança de dias melhores, com ou sem o apoio dos poderosos, mas sempre confiante na ação do Criador. Luiz Gonzaga conseguiu o que muitos outros artistas não conseguiram: sintetizar, nas letras das músicas, todo o sentimento de uma região esquecida, inexpressível, cujo clamor ele nunca deixou de manifestar.

A celebração do centenário de Luiz Gonzaga motivou uma série de homenagens ao longo de todo este ano: foi tema das festividades juninas em várias partes do país; teve sua vida exposta nas telas dos cinemas, por meio do filme: Gonzaga, de pai para filho; foi uma fonte rica para diversas produções de documentários para a TV, musicais e de projetos nas escolas, enfim, todos tiveram a oportunidade de se maravilhar com esse homem simples de Exu que despontou para o Brasil cantando as coisas da sua terra.

Há 100 anos, neste dia dedicado a Santa Luzia, nascia o rei do Baião. Como não admirar a obra desse homem, de voz forte e imponente, que criou a Missa do Vaqueiro? Que se debruçou na contemplação da força do sertanejo, a maior inspiração para as suas músicas? Que venceu o preconceito ao cantar diante da elite, tornando-se, por meio de uma expressiva votação, o Pernambucano do século XX? Orgulha-nos o fato de que a sua obra permanecerá intacta por muitas gerações e que, a celebração do seu centenário, é apenas a confirmação da eterna e grata memória daquele que teve uma “vida de viajante” sem nunca abandonar a vida do seu povo.
 


quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

RAMYRES, CAMPEÃ SUL-AMERICANA NO CDB


A campeã sul-americana de xadrez e aluna da oitava série do Colégio Dom Bosco, Ramyres Coelho, visitou a direção da nossa escola, sendo saudada também pelas coordenadoras e pelos professores e funcionários que a parabenizaram pela dedicação e sucessivas vitórias aos longo de 2012. Acompanhou a aluna o seu irmão Ronielly Santana Coelho, ex-aluno do Colégio Dom Bosco que foi convocado a ser técnico da seleção brasileira de xadrez. Manifestamos nosso apreço à enxadrista desejando que outros títulos sejam conseguidos no próximo ano.

MATERIAL DIDÁTICO 2013


Clique no link abaixo e veja a lista, por série, dos materiais didáticos 2013:

http://www.domboscopetrolina.g12.br/?p=1775

Lembramos que foram divulgadas duas listas - uma com livros adotados do projeto Moderna Compartilha, adotado pelo CDB, e outra com livros adotados de outras editoras.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

NOTA DE SOLIDARIEDADE CRISTÃ



"Vinde a mim as criancinhas, porque delas é o Reino dos Céus".                  (Mt. 19,14)

O Colégio Dom Bosco manifesta, aos pais e familiares de Júlia Nascimento Rocha Brandão, aluna do 1º ano B (Ensino Fundamental 1), a sua solidariedade cristã pela partida da mesma para a casa do Pai, no último final de semana. Estamos todos entristecidos pelo chamado repentino da nossa aluna, mas conforta-nos o fato de que, pela fé cristã, a morte se apresenta como passagem para a vida em Deus, como sinal da Ressurreição de Cristo, que abriu para nós as portas da vida eterna. Confiamos a Deus as nossas orações, por intermédio da Santa Mãe de Deus, a Imaculada Conceição.


                                          Fraternalmente,

Teresinha Teixeira Coelho
Diretora